Concursos Públicos

Preencha o Formulário caso tenha interesse em ingressar numa carreira na Polícia. Juntos pela Ordem e pela Paz, ao serviço da Nação.

Pode enviar, uma imagem com o seu BI ou documento de identificação.

PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELECÇÃO DE PESSOAL
O Recrutamento é o processo pelo qual a Polícia Nacional acciona através da Direcção Nacional de Recursos Humanos de forma positiva e convidativa o mercado de Recursos Humanos que dispõe de vagas e oportunidade de trabalho.
Tem como objectivo fundamental proceder o recompletamento do Quadro de Pessoal da Corporação, com base na Selecção de Candidatos primando com os requisitos estabelecidos.

SELECÇÃO
A Selecção constitui a fase posterior do mesmo processo (Recrutamento), cuja finalidade reside na escolha dos Candidatos mais adequados as necessidades da Polícia Nacional ou da oportunidade que surge, através de uma sequência de obstáculos a serem vencidos até a chegada ao ponto final.

FONTES DE RECRUTAMENTO
• Forças Armadas Angolanas (FAA);
• Sociedade Civil, especialmente cidadão com idade de cumprimento de Serviço Militar obrigatório, tendo em conta a complexidade de tarefas atribuídas a Polícia Nacional, assim como a necessidade de se preservar o constante na Lei n.º1/93 de 26 de Março, sobre o serviço militar.

INGRESSO NA POLÍCIA NACIONAL
Para o regime especial (Quadro Militarizado), o ingresso processa-se na classe de Agente nos termos do art.º 7 do Decreto nº. 117/08 de 22 de Outubro, obedecendo os seguintes requisitos:
a) Ser cidadão angolano;
b) Ter no mínimo 1,65 cm de altura, para o masculino e 1,60 cm para os do sexo feminino;
c) Possuir entre 23 aos 26 anos de idade;
d) Situação militar regularizada;
e) Possuir como habilitação literária mínima a 9ª classe do Ensino Geral;
f) Possuir boa robustez física e sanidade mental comprovada pela inspecção médica;
g) Não ter antecedentes criminais.

ADMISSÃO NA CARREIRA DE REGIME GERAL DA FUNÇÃO PUBLICA
A admissão para a Carreira do Regime Geral da Função Pública, processa-se mediante concurso público nos termos do Decreto Presidencial n.º 102/11, 23.5

PERFIL DO AGENTE DA POLÍCIA DE INTERVENÇÃO RÁPIDA
a) Altura mínima 1,70 cm;
b) Possuir entre 23 à 26 anos de idade;
c) Habilitação literária mínima a 9ª classe do ensino geral;
d) Ter boa robustez física;
e) Capacidade de trabalhar sob pressão;
f) Possuir curso básico de Polícia;
g) Curso de especialização Anti-Terrorismo;
h) Curso de especialização Anti-distúrbio;
i) Não ter antecedentes criminais.